top of page

Reflexões

Alexandre Valério

Alexandre_edited.jpg

Alexandre Valério é licenciado em Geografia e foi dirigente de uma IPSS.

Miguel Canudo

Imagem WhatsApp 2023-11-23 às 22.34_edited.jpg

Miguel Canudo é Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alhos Vedros e eleito na Assembleia Municipal da Moita pela CDU.

Artur Ribeiro

Artur_edited.jpg

Artur Ribeiro é comerciante e foi Vereador na Câmara de Matosinhos e coordenador do Grupo da CDU.

Jose.Luis.Rodrigues.jpeg

José Luís Rodrigues

José Luís Rodrigues é padre e pároco de São Roque e São José, no Funchal.

 

Miguel Friezas

IMG20231103091716_edited.jpg

Miguel Friezas é licenciado em Sociologia e activista sindical.

Duarte Nuno Morgado

Duarte.Morgado.jpg

Duarte Nuno Morgado é formado em Teologia, membro de diversas associações de cariz cultural e social e atualmente Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Loures.

Luís Mendes

Luis_edited.jpg

Luís Mendes é geógrafo, professor Instituto de Geografia e Ordenamento do Território e investigador do
Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa, e dirigente associativo.

Equipa da Terra da Fraternidade

terra da fraternidade logo.png

Sérgio Dias Branco é professor da Universidade de Coimbra, dirigente da CGTP-IN, e leigo da Ordem Dominicana da Igreja Católica.

 Deolinda Carvalho Machado é professora, dirigente associativa e da LOC-MTC.

 Joaquim Mesquita é operário fabril do sector alimentação, dirigente da CGTP-IN, e militante da Base-FUT e da LOC-MTC.

 

Dírio Ramos

Dirio_edited.jpg

Dírio Ramos é engenheiro electrotécnico e hospitalar, membro da Associação Mil por Abril (Milicianos do 25 de Abril), e católico.

Joaquim-Mesquita.jpg

Joaquim Mesquita

Joaquim Mesquita  é operário fabril do sector alimentação, dirigente da CGTP-IN, e militante da Base-FUT e da LOC-MTC.

Cristina Capitão

Os jovens e os seus desafios

Cristina.Capitao.jpeg

Com o aproximar da data da Jornada Mundial da Juventude, dinamizou-se um debate em Outubro de 2022 subjacente ao tema “Os Jovens e os Seus Desafios”, integrado nas festas da semana da padroeira na Paróquia de Santa Maria de Loures, que vale a pena recordar.

 

Isabel Medina

A Fé que me habita

Isabel.Medina.png

Reflectir sobre quem somos e o divino em nós tem sido a viagem e o sentido da minha vida. Assim nunca consegui pertencer a uma Igreja, a uma única religião. Quando iniciei este caminho, perguntava-me porque se dividiam os seres humanos em compartimentos, quando essa divisão partia de uma União baseada na Fé, no acreditar profundo de que existe mais para além dos limites dos nossos corpos. E que esse mais é Luz, é Espírito, é transcender os limites do que nos impõe o corpo que nos permite viver neste belo planeta. É uma Fonte inesgotável de Amor. É conexão. E cada um de nós transporta uma partícula dessa Fonte, cada um de nós é parte dela.

 

nuno.peixinho.jpg

Nuno Peixinho

Nuno Peixinho é investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e da Universidade de Coimbra, dirigente do Sindicato dos Professores da Região Centro/FENPROF, e membro da Wild Flower Zen Sangha.

Sérgio Dias Branco.jpeg

Sérgio Dias Branco

Sérgio Dias Branco é professor da Universidade de Coimbra, dirigente da CGTP-IN, e leigo da Ordem Dominicana da Igreja Católica.

Emanuel.Nogueira.jpeg

Emanuel Nogueira

"Não vos conformeis com este mundo"

Muitos cristãos indignam-se, justamente, com aqueles que consideram ser os males da sociedade contemporânea, contrários à moral cristã, ao mesmo tempo que se mostram perfeitamente indiferentes, tolerantes ou até adeptos convictos do sistema económico dessa mesma sociedade, o capitalismo. 

 

Sérgio Pratas

Não podemos ficar indiferentes

Sergio.Pratas.png

Vivemos hoje tempos duros (em Portugal e em muitas outras latitudes). A pandemia teve um impacto tremendo – e não apenas ao nível da saúde. Como veio revelar o relatório “Pobreza e exclusão social em Portugal” (2022): “O impacto da pandemia nas condições de vida e rendimento da população em Portugal foi muito forte. A população em risco de pobreza e exclusão social aumentou em 12%.”

 

Rev. Tim Yeager

A esperança revolucionária do Natal

Tim.Yeager.jpg

É a chama de uma esperança revolucionária — esperança de um mundo melhor, uma sociedade mais justa, onde a ordem social é virada de cabeça para baixo para que os pobres sejam alimentados e os ricos sejam aliviados dos seus ganhos mal obtidos. E é algo com o qual as pessoas trabalhadoras de qualquer cultura, qualquer origem religiosa ou filosófica, se podem relacionar.

 

Manuela.Pinto.jpg

Manuela Pinto

Manuela Pinto é conservadora dos registos e membro da Comunidade de Vida Cristã. 

Pedro Estorninho:

Reflexões?

Pedro.Estorninho.jpeg

“Só é culto quem acredita!” — frase que não esqueço e que me foi dita (ou pelo menos prestei-lhe a devida atenção) pela voz do meu pai, homem da Música, tanto como profissional como melómano, teria cerca de 9 anos. Mais tarde no tempo, leio numa entrevista da pintora Graça Morais que diz/afirma a determinada altura: “Só é culto quem confia.”

edgar_edited.png

Edgar Silva

Edgar Silva foi padre e é investigador no Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa e dirigente do PCP.

Olinda_edited.jpg

Olinda Marques:

Manter a esperança em tempos de crise...

Como profissional de saúde vivi de forma muito intensa a pandemia do COVID. Trabalhei presencialmente, quase até à exaustão muitas horas acima do habitual porque senti que era essa a minha missão, enquanto profissional de saúde, enquanto cristã e enquanto cidadã. Como militante da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos mudei radicalmente de hábitos.

Dom Januário Torgal Ferreira.jpg

D. Januário Torgal Ferreira:

Vergonhosa é a injustiça que cria a pobreza

Tinha razão o norte-americano, sem nome, que todas as sextas-feiras se postava diante da Casa Branca de bandeira em punho, revelando-se contra a guerra do Vietname. Contrariado por um jornalista, que lhe referiu que jamais conseguiria os seus intentos, limitou-se a responder: “Mas eu não estou aqui para mudar o mundo, venho a este lugar todas as semanas com uma intenção: a de que as pessoas não me roubem a convicção que alimento!”.

deolinda 2_edited.jpg

Deolinda Machado Carvalho:

A construção de uma paz duradoura

 Os valores evangélicos são compatíveis com a luta pela dignidade do/a trabalhador/a e com a luta pela paz, na medida em que há identidade nos princípios e valores defendidos pelo Evangelho, no respeito pelos direitos humanos e os valores que defendemos como sociedade humana.

gabriel.esteves.png

Gabriel Esteves:

A Jornada Mundial da Juventude e os jovens trabalhadores

O verão de 2023 está “já aí” e com ele chegam as Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa. Todo o país está em alvoroço em preparações para acolher este enorme evento, no qual iremos receber perto de um milhão de jovens de todo o mundo.

silvina.queiroz.jpeg

Silvina Queiroz:

De mãos dadas faremos mais

Há factos que são absolutamente inseparáveis da pessoa a quem se referem. No meu caso indico três: o meu nome, que acho feíssimo, mas que é minha marca de água, a minha Fé protestante, calvinista e a minha inteira dedicação ao meu partido de sempre: o Partido Comunista Português (PCP). Sou uma mistura destes três ingredientes, e nenhum pode isolar-se do outro.

bottom of page